Bracell atesta gestão sustentável de águas e florestas com monitoramento de microbacias

Malha hídrica da base florestal da empresa no estado da Bahia abriga mais de 1.750 nascentes de rios, o que reforça a realização do manejo florestal sustentável

A Bracell vem agregando novas tecnologias na realização do monitoramento das microbacias, o que resulta em dados positivos à comunidade e ao meio ambiente. Este ano, celebra o monitoramento de mais de duas décadas de manejo florestal responsável, com investimentos em tecnologia industrial e florestal que contribui para fazer a diferença na preservação de um recurso essencial para a vida: a água.

O monitoramento do rio Farje, em Alagoinhas (BA), é o mais antigo monitoramento de microbacia já realizado no Brasil por meio do Programa de Monitoramento e Modelagem de Microbacias (Promab) e do Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF). Esse monitoramento gera informações sobre o funcionamento hidrológico do manejo sustentável nas plantações florestais.

Segundo Aline Fransozi, Coordenadora Executiva no PROMAB-IPEF, a microbacia do Farje é o monitoramento mais antigo. “Sem dúvidas, esses dados contribuíram para o que já sabemos hoje sobre a relação floresta e água no Brasil. Isso demonstra a preocupação da empresa em conhecer as suas áreas e efeitos do manejo com bases científicas consolidadas. É justamente essa postura que apoia decisões importantes em toda a área de influência direta da companhia, ou seja, decisões que interferem na vida das pessoas e comunidades”, explicou.

Outra ação de monitoramento realizada e que tem reiterado a conservação ambiental e o uso consciente dos recursos naturais por parte da empresa é o mapeamento das nascentes. Na Bahia, as áreas de Planejamento e Meio Ambiente da Bracell atualizaram as informações sobre a malha hídrica da base florestal da empresa no estado. A partir de técnicas de georreferenciamento de precisão, foram identificadas a existência de 1.758 nascentes de rios em áreas onde a empresa mantém operações. “A presença dessas nascentes indica que o manejo florestal é sustentável. Todas as nascentes recentemente identificadas estão em áreas de Mata Atlântica no litoral norte da Bahia”, destacou Joedson Silva, coordenador de Meio Ambiente e Certificações da empresa.

Aliado ao manejo sustentável e das ações realizadas em suas operações, o time da unidade em São Paulo, ampliou o monitoramento assim como na Bahia, para obter de forma mais precisa o movimento hídrico de uma bacia. “Com isso, compreendemos a dinâmica da água ao longo do tempo, além de obter informações da quantidade e da qualidade da água nas principais regiões onde atuamos. Esse tipo de monitoramento reforça nosso compromisso com a sustentabilidade do negócio”, informa Geovanni Malatesta, especialista de P&D Florestal da Bracell em SP.

Bracell 2030

Ainda, com o objetivo de ampliar os debates acerca da sustentabilidade, com o Bracell 2030, a empresa definiu 14 metas para ampliar os impactos positivos de sua operação na cadeia de valor divididas em Ação pelo Clima, Paisagens Sustentáveis e Biodiversidade, Empoderando Vidas e Promovendo Crescimento Sustentável. Por meio das ações concretas do Bracell 2030, a empresa busca construir um futuro melhor para a indústria de papel e celulose no Brasil, posicionando a companhia como uma das vozes líderes em sustentabilidade no setor.

Fonte: Bracell e Revista O Papel. https://newspulpaper.com/bracell-atesta-gestao-sustentavel-de-aguas-e-florestas-com-monitoramento-de-microbacias/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.