REFERÊNCIA FLORESTAL

Mercado brasileiro está na mira de fabricantes de máquinas alemãs

As marcas de equipamentos com aplicações florestais Sennebogen e Doppstadt querem expandir atuação no Brasil entregando tecnologia de ponta

Boa parte do mundo sente confiança na retomada do crescimento da economia brasileira. Este sentimento cresce ainda mais quando se trata do setor florestal, no qual o país possui alto índice de crescimento biológico e tem forte presença no mercado internacional de produtos acabados e commodites. Entre as empresas que observam grandes oportunidades em solo brasileiro e acreditam no aquecimento da economia estão duas fabricantes de máquinas da Alemanha: Sennebogen e Doppstadt, representadas em todo Brasil pela Envimat, que tem sede em São Paulo (SP).

“O Brasil tem um potencial imenso de crescimento e estamos prontos para acompanhar este crescimento”, garante Constantino Lannes, PRESIDENTE da Sennebogen LLC. De acordo com ele, o Brasil está na vanguarda no setor florestal, serve de exemplo para muitos países. Os índices de crescimento de produtividade alcançados por aqui são “imbatíveis”. Por isto, a fabricante de manipuladores hidráulicos quer ampliar a fatia de mercado nacional.

Ele aponta que, atualmente, existem muitas máquinas com esta função nos pátios de empresas de celulose e serrarias. Mas há poucos equipamentos deste porte trabalhando no carregamento em campo. “Ainda tem muito mercado para crescer”, observa a oportunidade.

A Sennebogen é uma empresa alemã com grande participação no mercado mundial. A companhia tem mais de 150 máquinas no Brasil. “Nossa linha é a mais completa entre os fabricantes de manipuladores”, garante Constantino. A empresa atua nos segmentos portuário, sucata, reciclagem, florestal e madeireiro, entre outros.

A Sennebogen é representada no Brasil pela Envimat, empresa localizada em São Paulo, dedicada ao mercado de equipamentos e máquinas para os setores de meio ambiente, reciclagem e movimentação de cargas. A representante conta com um corpo técnico capacitado, com treinamento e conhecimento dos equipamentos comercializados. “Contamos com estoque de peças e mecânicos treinados para atender nossos seus usuários”, explica Vinicius Casselli, diretor da Envimat.

Veja mais aqui.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?