REFERÊNCIA FLORESTAL

Fabricante Sueca tem operação própria no Brasil

A Log Max, Fabricante sueca de cabeçotes harvester tem estrutura própria, equipe técnica, de vendas para atender diretamente o mercado brasileiro, desde o ano passado

Há quase 20 anos, os equipamentos Log Max operam em solo brasileiro. A empresa iniciou as vendas dos primeiros cabeçotes no ano 2000. Atualmente, operam por aqui mais de 500 equipamentos, quase todos (cerca de 90%), estão concentrados na região sul. A venda, assistência técnica e as peças de reposição ficaram a cargo de representantes até agosto do ano passado, quando a Log Max passou a ocupar a sede em Pinhais (PR), região metropolitana de Curitiba, estruturas com estoque de peças e atendimento nos três Estados do Sul, além de equipe própria.

A mudança teve uma grande motivação. “Estar mais próximo do cliente, entender sua realidade para evoluir”, explica Rodrigo Contesinigerente geral da Log Max no Brasil. A equipe conta com 15 pessoas, divididas nas áreas de venda de peças, venda de cabeçotes, assistência técnica e engenharia do produto. Dentro da estrutura física, a companhia possui bases para assistência técnica nas cidades gaúchas de Guaíba e Pelotas; Mafra e Curitibanos, em Santa Catarina; além de Ponta Grossa e Pinhais, no Paraná. “Temos filial em Butiá (RS), e em breve duas novas unidades, uma em Santa Catarina e outra no Paraná”, revela.

De acordo com Rodrigo, a mudança na organização, agora com estrutura física e independente no Brasil, é uma ótima notícia para os consumidores de cabeçote harvester da marca. “Nossos clientes contam com atendimento direto da fábrica, com foco exclusivamente nos cabeçotes Log Max, o que nos possibilita oferecer condições mais competitivas”, detalha.

Veja mais aqui.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?