Benefícios da silvicultura

Oportunidades de negócios na cadeia produtiva da silvicultura; (bens madeireiros e não-madeireiros) e seus benefícios para a região de Itamaraju (BA). Este foi o tema da reunião que o Pafs (Programa Ambiente Florestal Sustentável); – iniciativa da Abaf (Associação Baiana das Empresas de Base Florestal) – realiza em 30/08, na Câmara de Vereadores.

De acordo com o diretor executivo da Abaf, Wilson Andrade; a Bahia ainda não produz e processa madeira plantada suficiente no Estado e muito disso se dá pela falta de conhecimento sobre o setor e suas vantagens.

“Trabalhamos, inclusive, para a inclusão dos pequenos e médios produtores e processadores de madeira para uso múltiplo, visando o atendimento da demanda por móveis, peças e partes de madeira na Bahia – hoje atendida, na sua maior parte, por outros estados brasileiros”.Explica.

O Pafs trabalha temas relativos à educação ambiental em comunidades rurais.

Após um ano; o programa percorreu mais de 103 mil quilômetros, realizou cerca de 114 treinamentos em aproximadamente 100 comunidades, instruindo cerca de 4 mil produtores rurais de frutas, eucalipto, café, entre outras culturas, da região.

Gostou ? Leia mais assinando a revista Referência Florestal aqui.

Post anterior

Bambu em SP

Próximo post

Controle mecanizado

Diego

Diego

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *