A Elmia Wood disponibilizou ferramentas online para o setor florestal:

Um dicionário multilíngue, ferramenta de planejamento de corte e desbaste e até um museu de máquinas antigas.

Melhorando a comunicação

Tudo isso para proporcionar a comunicação florestal em qualquer idioma. Através do Forestry Dictionary é possível acessar a tradução de palavras e termos do setor florestal em 16 línguas; sendo algumas com explicações e definições.

A preocupação com as mudanças climáticas é crescente e afeta diretamente o setor florestal. Quando não podemos prever o clima, especialmente a precipitação, a tomada de decisão quanto ao corte pode ser feita erroneamente. Um solo molhado está mais susceptível à compactação, além de prejudicar a produtividade devido a uma colheita mais lenta e maior consumo de combustível.

A Ferramenta

O Smhi (Instituto Meteorológico e Hidrológico da Suécia) e a ElmiaWood, decidiram então lançar juntos, na edição de 2017 da feira, uma ferramenta capaz de prever as condições do solo e ajudar o gerente florestal na tomada de decisão de forma clara.

O Smhi Timbr é um serviço online que disponibilizará informações a quem quiser acessar como condições e tipos de solo e previsões meteorológicas e hidrológicas. Baseado nos dados que descrevem o caminho das água pelo solo, a ferramenta poderá mostrar em que condição está o terreno da sua floresta, facilitando o planejamento da colheita.

No Brasil existe uma ferramenta parecida, apesar de não possuir a tradução em 16 idiomas; ela possui dados sobre qualidade do ar, energia, clima, tempo entre outros e pode ser tão útil quanto a disponibilizada acima.
Saiba mais sobre a ferramenta.

Elmia Wood 2017

A cobertura completa da Elmia Wood 2017 você acompanha na próxima edição da revista REFERÊNCIA FLORESTAL; que você pode assinar para receber a versão impressa aqui.

No facebook da REFERÊNCIA FLORESTAL você fica sabendo de todas as notícias do site e ainda pode ver vídeos e fotos exclusivos.

Post anterior

Cerrado: Bioma ameaçado

Próximo post

Nitrogênio para eucalipto

Diego

Diego

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *