Uma das normas a serem seguidas para obtenção da certificação no sistema FSC é sua Política de Químicos, que restringe o uso de determinados produtos em plantações, entre eles a permetrina. Apesar desta restrição, o produto é devidamente registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ibama e Anvisa. De acordo com o Ipef (Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais), há que se considerar que a permetrina é imóvel nos solos e é aplicada de forma localizada, dentro dos ninhos de saúvas. A impossibilidade de uso deste inseticida causará prejuízos incalculáveis ao setor, acarretando inclusive na perda da certificação FSC. Frente a este cenário, o Pccf (Programa Cooperativo sobre Certificação Florestal) do Ipef lançou a consulta pública que tem por objetivo identificar as impressões que os vários segmentos da sociedade têm com relação ao uso do inseticida em áreas florestais certificadas pelo FSC. A consulta está disponível até o dia 7 de dezembro no endereço www.ipef.br/pccf/consulta_fsc2016.asp

Gostou da matéria? Continue lendo assinando a revista Referência Florestal aqui.

Post anterior

Choque térmico na superação da dormência de diásporos de Tectona grandis L. f.

Próximo post

Charge

admin

admin

A Referência Florestal é uma publicação mensal destinada exclusivamente aos usuários de produtos florestais para as mais diversas áreas. Atuamos há 18 anos buscando tecnologias, produtos e serviços para atender ao setor.

Sem comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *